"Ponto de vista": Ordem da Liberdade - uma condecoração recusada. ("Semimórias").


    Ordem da Liberdade - uma condecoração recusada. 
    ("Semimórias").

No início de 2006 (estávamos a poucas semanas do final do segundo mandato presidencial do Dr.Jorge Sampaio) fui surpreendido por um telefonema do Coronel Vítor Alves (distintíssimo Oficial, infelizmente entretanto falecido) em que me transmitiu o desejo do Presidente da República de que eu fosse condecorado com a Ordem da Liberdade. 
.
Respondi-lhe agradecendo - muito sensibilizadamente - o honroso telefonema, mas recusando referindo
"bastou-me ter participado na Ordem para a Liberdade".

No dia seguinte recebi um novo telefonema de outra alta entidade militar insistindo pela minha aceitação, tendo reiterado o teor da resposta já dada.

25.Agosto.2018